Carregando

Como escolher meu painel elétrico fotovoltaico?

Publicado em: 18/02/2022 Autor/fonte: nProjetos
Como escolher meu painel elétrico fotovoltaico?
"A instalação de um sistema de energia elétrico fotovoltaico em sua propriedade pode ser um grande aliado na economia de energia elétrica. Um dos passos para que isso ocorra é a escolha de qual painel será instalado. E esse artigo vai te ajudar com isso."

A utilização da energia solar como um todo vem ganhando popularidade em residências, comércios, indústrias e áreas rurais por todo o país. Isso porque apresenta uma grande vantagem: é uma ótima opção para a economia na conta de luz. Além do mais, é uma energia limpa e renovável, contribuindo com a preservação do meio-ambiente.

A energia solar fotovoltaica propõe-se a gerar energia elétrica a partir da captação de luz solar e tem se revelado uma excelente opção para tal. 

Entre as dúvidas mais comuns durante a instalação desse sistema elétrico está a escolha do painel elétrico fotovoltaico. Pensando nisso e também para facilitar sua escolha, apresentaremos aqui os principais pontos que você deve levar em consideração na hora de selecionar o seu!

 

1. O tipo de painel

 

Dentre os sistemas de painéis solares fotovoltaicos pode-se dividi-los em três em conformidade com a sua aplicação, estes são: projetos solares isolados, projetos solares de autoconsumo e projetos solares para sistemas de bombardeamento de água.

 

1.1 Projetos solares isolados

 

No que se refere aos projetos solares isolados fotovoltaicos é comum utilizar módulos solares com saídas aptos para 12V e 24V. Dessa forma, nessa situação a tensão de saída deverá ser superior a esses valores.

 

1.2 Projetos solares de autoconsumo

 

Para essa modalidade de projeto o tipo de painel utilizado deverá ser o mais “standart” possível. No mercado de painéis solares atual, o modelo compatível com esse padrão é aquele que detém 260W (60 células).

 

1.3 Projetos solares para sistemas de bombardeamento de água

 

Nesses casos também é possível ser instalado os modelos de 60 células, todavia é mais comum que o modelo de 72 células e 300-310W seja o escolhido para isto, haja vista que por apresentar uma elevada tensão de saída o funcionamento dos variadores de frequência utilizados para esses projetos são favorecidos.

Em suma, as informações que você deve ter em mãos durante a aquisição da sua placa solar são: qual o procedimento caso haja algum problema com o painel e em quanto tempo a assistência demoraria para identificar e resolver esse problema.

 

2. Eficiência do painel

 

A eficiência do painel se mede através da porcentagem de energia do sol que atinge a placa e é realmente transformado em energia solar. Dessa forma, quanto maior a eficiência do painel fotovoltaico, mais Watts ele gerará por hora com a quantidade de luz solar disponível.

Dentre os painéis mais comercializados no mercado (os de silício cristalino) a eficiência varia entre 15% a 19%, sendo que a partir de 17% de eficiência a placa solar já é considerada “premium” e, portanto, mais cara.

Na hora de escolher seu painel fotovoltaico é importante considerar o custo x benefício da placa, entre preço e eficiência.

 

3. Variação de potência

 

Também é importante considerar a variação de potência, que será a energia real gerada pela placa.

Ela pode ser conferida na folha técnica do produto. Para ilustrar melhor, segue um exemplo:

 

1 - Uma placa de 165W com uma tolerância de -5% ou +5% poderá gerar entre 156.75W até 173.25W.

2 - A variação também poderá ser indicada em algumas placas solares como “tolerância positiva”. Nesse caso, a variação de energia só aumentará:

3 - Um painel com potência indicada de 200W e uma tolerância de +5% e -0% irá produzir um mínimo de 200W e uma máxima de 210W.

4 - Qualidade da moldura

 

Aqui, a análise se dará tanto pela qualidade do material da qual a moldura é feita, quanto a forma pela qual ela é instalada.

É aconselhável optar por molduras soldadas ou parafusadas, pois molduras coladas podem se soltar com maior facilidade quando expostas ao calor e atritos.

A título estético somente, também podem ser escolhidas molduras anodizadas pretas que além de tudo também não dão tanto reflexo com a luz do sol.

 

4. Camada interior (backsheet)

 

Uma parte da estrutura dos painéis fotovoltaicos é uma folha de plástico colada na parte de trás dele, que objetiva proteger as células fotovoltaicas. 

É preciso analisar se essa peça está com bolhas de ar ou com algum sinal de que descolará facilmente, sendo melhor evitar painéis cujos “backsheets” apresentem tais características.

 

5. Diodos Bypass

 

Caso sua preferência seja por um modelo de painel Mono ou Multi Cristalino, os diodos Bypass serão obrigatórios. 

Os diodos são aplicados em cada célula fotovoltaica e garantem que cada célula trabalhe de maneira mais igualitária, para que não haja uma potência muito grande em apenas um ponto do sistema. Além disso, também previnem uma queda de potência efetiva.

O efeito prático disso é que caso você opte por um painel sem o diodo Bypass, uma pequena sombra em uma parte do painel pode afetar a produção de energia dele todo.

 

6. Coeficiente de Temperatura

 

Este coeficiente diz respeito à forma na qual o painel fotovoltaico lida frente a temperaturas ambientes mais elevadas, a partir de 25° Celsius.

Esse número expresso é através de uma porcentagem, sendo que quanto menor a temperatura, melhor. 

Um painel de boa qualidade apresentará um coeficiente de temperatura entre 0,3% e 0,4%, sendo que o razoável é entre 0,4% e 0,5% e acima de 0,6% é um sinal de alerta, pois pode significar um painel de baixa qualidade.

 

7. Garantia

 

É imprescindível se atentar para a garantia do painel escolhido. Nesse sentido, para além de olhar orçamento, será necessário olhar para os dados da ficha técnica do aparelho para verificação de normas técnicas e funcionalidades. 

Em termos gerais, a maioria dos painéis solares fotovoltaicos oferecem 25 anos de garantia trabalhando com pelo menos 80% da potência original do componente. 

Ainda assim, um dos principais critérios a se averiguar durante a compra é verificar se a garantia é apoiada por alguma entidade brasileira, certificando-se que você estará protegido.

 

8. Escolhendo o fornecedor

 

Por fim, tendo em vista a quantidade de fornecedores de painel solar existentes no Brasil é importante pesquisar sobre o fornecedor, pesquisando seu tempo de mercado, reclamações, indicações, etc.

A Mega Solar Energia e Aquecimento é uma empresa especializada em soluções para geração de energia elétrica fotovoltaica que tem por objetivo a excelência no atendimento ao cliente. Quer saber mais? Entre em contato conosco!

Energia Fotovoltaica Economia na conta de luz Energia Sustentável Fonte de energia inesgotável Energia Limpa
Posts Anteriores
  • Maio / 2022 - 1 post
  • Março / 2022 - 1 post
  • Fevereiro / 2022 - 1 post
  • Outubro / 2021 - 2 posts
  • Setembro / 2021 - 1 post
  • Agosto / 2021 - 1 post
  • Julho / 2021 - 1 post
  • Junho / 2021 - 1 post
  • Maio / 2021 - 1 post
  • Abril / 2021 - 1 post
  • Março / 2021 - 1 post
  • Fevereiro / 2021 - 1 post
  • Janeiro / 2021 - 1 post
  • Dezembro / 2020 - 1 post

Contatos

(19) 98940-7507

contato@megasolarenergia.com.br

 

 

Horário

Segunda a Sexta

Das 08h30 às 18h00

Sábado 09h00 às 12h00

Endereço

Rua Humaita, 1123

Vila Almeida

Indaiatuba - SP

CEP 13330-665